03/07/2021 às 07h46min - Atualizada em 03/07/2021 às 07h46min

Justiça suspende leilão para concessão da BR-163 e condiciona a estudo de impactos ambientais da obra

Levantamento deverá ser submetido para consulta de povos indígenas.

G1 MT
G1
Concessão da BR-163 está suspensa — Foto: Divulgação


A Justiça Federal concedeu uma liminar para suspender o processo de concessão da BR-163, no trecho entre Sinop e Santarém, no Pará. O leilão estava marcado para ocorrer na próxima quinta-feira (8), na bolsa de valores de São Paulo.
A decisão é da juíza Maria Carolina Valente do Carmo, da Vara Federal Cível e Criminal de Altamira, no Pará.
A magistrada deu o prazo de 48 horas para que seja incluída no edital de concessão da rodovia a previsão de que a concessionária vencedora do leilão passaria a ter responsabilidade pela mitigação dos impactos negativos e a otimização dos impactos positivos decorrentes da pavimentação e exploração da rodovia.
A juíza estipulou uma multa de R$ 40 milhões para a União em caso de descumprimento.
A suspensão do leilão ocorre após uma ação civil pública a pedido do Ministério Público Federal, que alegou descumprimento de uma decisão anterior pelo Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit) e pela Fundação Nacional do Índio (Funai).
O leilão de concessão da BR-163 ficará suspenso até que seja apresentado um levantamento sobre os impactos ambientais da obra, que deverá ser submetido para consulta de povos indígenas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://regionalnewsmt.com/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp