06/07/2021 às 07h45min - Atualizada em 06/07/2021 às 07h45min

Ministério da Defesa autoriza uso das Forças Armadas no combate ao desmatamento em terras indígenas em MT

Em MT, o Comando Conjunto Oeste será responsável por desenvolver ações de prevenções nos municípios são Apiacás, Aripuanã, Colniza, Cotriguaçú, Marcelândia, Nova Bandeirantes, Peixoto de Azevedo e Paranaíta.

G1 MT
G1
Forças armadas vão atuar em operação contra desmatamento ilegal e queimadas em MT — Foto: Asscom/4º BIS

O governo federal, por meio do Ministério da Defesa, publicou uma portaria que regula o emprego das Forças Armadas na "Operação Samaúma", no período de 28 de junho a 31 de agosto de 2021, nas terras indígenas, nas unidades federais de conservação ambiental, nas demais áreas sob propriedade ou posse da união em municípios de Mato Grosso, Amazonas, Pará e de Rondônia.

“Autorizo o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem (GLO), no período de 28 de junho a 31 de agosto de 2021, nas terras indígenas, nas unidades federais de conservação ambiental, nas demais áreas sob propriedade ou posse da União nos municípios dos estados do Amazonas, Mato Grosso, Pará e Rondônia”, diz trecho da portaria.

A autorização consta da Portaria GM-MD Nº 2.728 publicada na edição desta segunda-feira (5) do Diário Oficial da União (DOU).

Em MT, o Comando Conjunto Oeste será responsável por desenvolver ações de prevenções nos municípios são Apiacás, Aripuanã, Colniza, Cotriguaçú, Marcelândia, Nova Bandeirantes, Peixoto de Azevedo e Paranaíta.

O objetivo é a realização de ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais, em especial o desmatamento ilegal, de modo coordenado com o Conselho Nacional da Amazônia Legal (CNAL) e buscando a articulação com os órgãos e entidades de proteção ambiental e os órgãos de segurança pública.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://regionalnewsmt.com/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp