31/01/2022 às 08h27min - Atualizada em 31/01/2022 às 08h27min

Lucas do Rio Verde: Agricultores da Comunidade Fazenda Fenix II recebem título de posse

Com a liberação do crédito fundiário, famílias podem iniciar os projetos da agricultura familiar

Prefeitura de Lucas do Rio Verde

Durante ato solene na manhã deste sábado (29), 50 famílias beneficiadas pelo projeto Comunidade Fazenda Fenix II, localizada a 50 km de Lucas do Rio Verde, receberam o título de posse de suas terras. O momento foi acompanhado pelo prefeito Miguel Vaz e autoridades. 

Também conhecida como Nossa Senhora Aparecida, a nova comunidade tem área total de 6,9 hectares, sendo 2,6 deles destinados à produção da agricultura familiar. Com a liberação do crédito fundiário, os novos proprietários já podem iniciar as suas produções.

Conforme o diretor-presidente da Biotec Agro Consultoria, Aldo Almeida, o projeto contempla investimentos para as famílias já iniciarem as suas produções. “No projeto modelo está aquisição da terra, recurso para construir uma pequena casa e recursos para dar o pontapé inicial. O próximo passo é buscar outras políticas públicas para que as famílias possam continuar investindo na propriedade”. 

A partir de agora, a Prefeitura de Lucas do Rio Verde dará sequência aos projetos de infraestrutura para a comunidade. Segundo o prefeito Miguel Vaz, já está em andamento uma parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) um projeto de 50 poços para abastecer as famílias do local. O chefe do executivo também citou a importância da agricultura familiar para o município. “Parte da produção da agricultura familiar segue para a merenda escolar. Esse projeto vem somar na economia aqui de Lucas do Rio Verde”, destacou.
 

 

O deputado federal Neri Geller participou de todo o processo e se mostrou contente com o resultado. “Esse novo projeto vem contribuir e fazer essa verticalização e ter a agricultura familiar funcionando de forma forte, oportunizando o produtor e o comércio local”.

Laudino Batiste mora em Lucas do Rio Verde há 11 anos e é um dos contemplados com o projeto. “Com certeza isso veio em uma boa hora. Eu já tenho mudas produzindo no balde e já tá na hora de levar para o campo”, destacou o agricultor.

“A agricultura familiar é extremamente compatível com o agronegócio, com a soja e etc. A cidade precisa ser abastecida e esse é o propósito do projeto, levar aos moradores de Lucas do Rio Verde alimentos de qualidade e preço justo”, destacou o secretário-adjunto de Estado de Agricultura Familiar, Clóvis Cardoso.

Na programação, o prefeito, autoridades e os moradores seguiram logo pela manhã para uma visita à região da nova comunidade. Na sequência, já na comunidade 30 de Novembro, o ato solene marcou a entrega dos documentos aos beneficiários.

Também participaram a primeira-dama, Janice Ribeiro, a secretária de Agricultura e Meio Ambiente, Suzana Romancini, secretários municipais, vereadores, representantes da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Federação dos Trabalhadores na Agricultura em Mato Grosso (Fetagri), Sindicato dos Trabalhadores Rurais.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://regionalnewsmt.com/.