12/06/2022 às 17h49min - Atualizada em 13/06/2022 às 00h00min

Mundial de Natação Paralímpica: Brasil conquista 7 medalhas no 1º dia

Carol Santiago foi o destaque, com um ouro e uma prata, na abertura do mundial. Gabriel Bandeira também obteve melhor tempo na prova dos 200 metros livre. Depois do primeiro dia, delegação nacional aparece em quarto lugar no ranking de medalhas.

Esportes Agencia Brasil
https://agenciabrasil.ebc.com.br/esportes/noticia/2022-06/mundial-de-natacao-paralimpica-brasil-conquista-7-medalhas-no-1o-dia

A pernambucana Maria Carolina Santiago ganhou o primeiro ouro da seleção brasileira de natação paralímpica no mundial da modalidade, que começou neste domingo na Ilha da Madeira, em Portugal.



A conquista veio na prova dos 100 metros borboleta da classe S12 (deficientes visuais). Com o tempo de 1 minuto e 07 segundos, Maria Carolina, que tem a síndrome de Morning Glory, alteração congênita na retina que reduz o campo de visão, ficou 17 centésimos à frente da italiana Alessia Berra, medalhista de prata.



A espanhola Maria Delgado Nadal fechou o pódio com 1 minuto e 09 segundos. Além do ouro, ela também ficou com a prata na prova dos 100 metros costas com o tempo de 01 minuto, 09 segundos e 68 centésimos.



Carol ainda deve competir ainda nos próximos dias nos 50 metros e nos 100 metros livre, nos 100 metros peito e em dois revezamentos. A nadadora do Grêmio Náutico União de Porto Alegre é um dos destaques da delegação verde e amarela, composta por 29 nadadores.



O outro ouro brasileiro, neste primeiro dia de disputas no complexo de piscinas olímpicas de Funchal, foi do Gabriel Bandeira da classe S14 (deficientes intelectuais). Ele foi o melhor nos 200 metros livre, com o tempo de 01 minuto 52 segundos e 42 centésimos (recorde do campeonato mundial). O segundo lugar foi do canadense Nicolas Bennet e o terceiro lugar, do australiano Benjamin Hance.



Nesta segunda, Gabriel Bandeira nada os 100m costas. As outras três pratas da equipe nacional vieram com a dupla Samuel de Oliveira, com 33 segundos e 28 centésimos, e Joana Neves, com 37 segundos e 14 centésimos, da classe S5 (atletas com limitações físico-motoras) na prova dos 50 metros livre, e com Phelipe Rodrigues, da classe S10 (atletas com limitações físico-motoras menos severas). Ele completou a prova dos 50 metros livre com o tempo de 23 segundos e 76 centésimos.



A nadadora Patrícia Santos, da classe SB3 (cadeirantes), também foi ao pódio ao obter o bronze nos 50 metros peito com o tempo de 59 segundos e 65 centésimos. O campeonato reúne aproximadamente 600 atletas de 59 países e segue até o próximo sábado (18).




Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/esportes/noticia/2022-06/mundial-de-natacao-paralimpica-brasil-conquista-7-medalhas-no-1o-dia
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://regionalnewsmt.com/.