27/07/2021 às 08h06min - Atualizada em 27/07/2021 às 08h06min

TRE inicia lacre das urnas eletrônicas para as eleições suplementares para prefeito nesta terça-feira em MT

Será feita a instalação de todos os sistemas eleitorais necessários e dados de eleição, como, por exemplo, informações dos candidatos e dos eleitores, por meio da cerimônia de geração mídia.

Por G1 MT
Urnas eletrônicas começam a ser lacradas nesta terça-feira em MT — Foto: Heloise Hamada/G1
As urnas eletrônicas para as eleições suplementares em três municípios de Mato Grosso começarão a ser lacradas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) nessa terça-feira (27). Durante o processo, será feita a instalação de todos os sistemas eleitorais necessários e dados de eleição, como, por exemplo, informações dos candidatos e dos eleitores, por meio da cerimônia de geração mídia.
 
As votações para prefeito em Acorizal, Matupá e Torixoréu, acontecerão no domingo (1°). Os prefeitos eleitos para administrar essas cidades, no ano passado, tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral. Por isso, serão feitas novas eleições.
 
De acordo com o TRE-MT, a 1ª Zona Eleitoral (ZE), que é responsável pelo município de Acorizal, fará a cerimônia, às 8h30, no depósito de urnas da Casa da Democracia.
 
Já a 9ª ZE, responsável por Torixoréu, realizará a solenidade às 8h, na sede do Cartório, que fica na Rua José Nóbrega da Silva, Bairro Sena Marques.
 
Por fim, a 33ª ZE, responsável por Matupá, fará a cerimônia na Rua Wilmar Antônio Maia de Souza Pinto, Centro Novo, em Peixoto de Azevedo, também às 8h.
 
Os eleitores deverão ir às urnas seguindo todos os protocolos de prevenção ao contágio da Covid-19, como: uso de máscara, utilização de álcool em gel e a manutenção do distanciamento social.
 
Confira os candidatos:

Acorizal
 
  • Benancy Lemes da Silva (DEM)
  • Diego Ewerton Figueiredo Taques (PSD)
Matupá
 
  • Bruno Santos Mena (DEM)
  • Geraldo Gezoni Filho (PSB)
  • Marinilde Bernardi Dall Acqua (MDB)
Torixoréu
 
  • Jonnes Aurélio Franco Saggin (PL)
  • Thiago Timo Oliveira (PSB)
Cassados
Em Acorizal, a 59 km de Cuiabá, o prefeito eleito Meraldo Sá foi cassado em dezembro do ano passado. Ele tinha sido condenado em 2018 por improbidade administrativa em uma ação do Ministério Público que o acusou de ter realizado despesas não autorizadas quando era vereador em Acorizal, entre 2001 e 2012.
 
Torixoréu vai ter nova eleição porque Inês Moraes Mesquita Coelho, candidata reeleita, foi impedida de assumir o cargo porque a justiça não permite mais de dois mandatos seguidos de um mesmo grupo familiar. O marido dela, Odoni Mesquista, era prefeito da cidade entre 2013 e 2016. Depois disso, ela foi eleita em 2016 e, posteriormente, em 2020.
 
No mês passado, o Tribunal Superior Eleitoral definiu pela cassação do mandato do prefeito de Matupá, a 696 km de Cuiabá, Fernando Zafonatto (DEM), e do vice dele, Bruno Mena. O vice-prefeito também foi retirado do cargo por pertencer à chapa eleita, mas continua apto a concorrer novas eleições. Zafonatto estaria inelegível para disputar a eleição, devido a uma condenação de improbidade administrativa por direcionamento de licitação.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://regionalnewsmt.com/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp