30/09/2022 às 17h36min - Atualizada em 30/09/2022 às 17h36min

Sorriso pode eleger um deputado federal e dois estaduais, avalia analista político

Com união, Sorriso pode conquistar feito histórico na política

Regional News MT
Da Redação

Foto: Reginaldo de Souza
O especialista político Manoel Carlos analisou, em entrevista, o contexto e o cenário atual das eleições em Mato Grosso, destacando a conjuntura política de diversos municípios e alguns candidatos que possivelmente irão se eleger no próximo domingo, dia 02 de outubro.
 
Alguns nomes novos aparecem como as grandes surpresas para essas eleições. Entre as surpresas ao cargo de deputado federal, temos a Amália Barros (PL) e o Acácio Ambrosini (Republicanos): “Ela [Amália], com o apoio da primeira dama Michelle Bolsonaro, deve superar, dentro do PL, a Coronel Fernanda e o Nelson Barbudo, com chances reais de se tornar deputada federal.
 
Já o sorrisense Acácio Ambrosini, bolsonarista que conta com o apoio do ex-prefeito Dilceu Rossato e do atual, Ari Lafin, também surge com grandes chances de superar dentro do seu partido o Dr. Leonardo, que nunca foi um aliado de primeira hora do Bolsonaro. O crescimento de Acácio e da Amália mostra uma tendência eleitoral do voto recair a candidatos novos e alinhados com o presidente Bolsonaro”.
 
Com a possível vitória de Acácio, pode acontecer em Sorriso uma novidade política. Segundo o especialista Manoel Carlos, o município pode eleger dois deputados estaduais e um federal nesta eleição: “Pode acontecer algo nunca ocorrido em Sorriso. Com a possibilidade do Xuxu Dal Molin, que tem o apoio do governador Mauro Mendes, e do Damiani da TV, que tem apoio do prefeito Ari Lafin e Rossato, se elegerem para o cargo de deputado estadual, e o Acacio Ambrosini se eleger para deputado federal, é possível que Sorriso pela primeira vez tenha dois deputados estaduais e um federal ao mesmo tempo.
 
Manoel Carlos deixou um alerta aos eleitores de Sorriso. “O conselho que eu dou aos sorrisenses é que mantenham a união, que não ocorra revanche entre os três nesta reta final, pois essa possibilidade é real e seria uma oportunidade de ouro para a cidade. Coincidência ou não, os sorrisenses estão alinhados em votar nos candidatos que tenham simpatia ao presidente Jair Bolsonaro”, enfatizou o especialista.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://regionalnewsmt.com/.