31/07/2021 às 08h26min - Atualizada em 31/07/2021 às 08h26min

Taxa de ocupação de UTIs por paciente com Covid-19 volta a subir e estado tem 108 leitos disponíveis

Conforme a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), 563 pessoas estão internadas em UTIs nesta sexta-feira em decorrência do agravamento no quadro de saúde devido à Covid-19.

G1 MT
UTIs estão lotadas em Mato Grosso — Foto: Divulgação/Silvio Avila

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Mato Grosso voltou a subir nesta sexta-feira (30), chegando a 80,33%. O estado tem somente 108 leitos disponíveis para pacientes em estado grave.


Conforme a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), 563 pessoas estão internadas em UTIs nesta sexta-feira em decorrência do agravamento no quadro de saúde devido à Covid-19.


Ainda segundo a SES, até a tarde desta sexta-feira, há 489.642 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 12.765 óbitos em decorrência do coronavírus no estado.


Foram notificadas 1.535 novos casos de Covid-19 e 20 mortes nas últimas 24 horas. Dos 489.642 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.896 estão em isolamento domiciliar e 464.461 estão recuperados.


Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 441 internações em UTIs públicas e 275 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 80,33% para UTIs adulto e em 32% para enfermarias adultos.


Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (99.606), Rondonópolis (34.777), Várzea Grande (32.760), Sinop (23.531), Sorriso (17.124), Tangará da Serra (16.763), Lucas do Rio Verde (14.578), Primavera do Leste (12.939), Cáceres (10.681) e Barra do Garças (9.975).


Um total de 376.852 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 516 amostras em análise laboratorial.





Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://regionalnewsmt.com/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp