13/08/2021 às 09h31min - Atualizada em 13/08/2021 às 09h31min

Rondonópolis e de Tangará da Serra: Escolas suspendem aulas presenciais após alunos e servidores testarem positivo para a Covid-19

Escolas de Rondonópolis e de Tangará da Serra tiveram que suspender as aulas presenciais dias após o retorno às atividades.

G1 MT
Escolas onde alunos testaram positivo devem passar por sanitização — Foto: Comando Conjunto Norte
Três escolas da rede estadual tiveram que suspender as aulas presenciais, após alunos testarem positivo para a Covid-19. Um desses casos é o de um estudante de 17 anos que estudava com outros 60 adolescentes da Escola Estadual La Salle, uma das mais antigas e tradicionais da cidade.

Outro caso foi na Escola Profª Renilda Silva Moraes, onde uma aluna foi diagnosticada com a Covid e todo o grupo de 70 alunos que ela participava teve que voltar às aulas remotas.

No fim da tarde dessa quarta-feira (11), foi confirmado que mais uma turma de outra escola será afastada das aulas presenciais, porque um aluno foi diagnosticado com a doença.

Já na rede municipal, as aulas, que deveriam ter voltado na segunda-feira (10), continuam sem data definida para serem retomadas.
Nesta quinta-feira (12), o secretário de Educação, além da Comissão de Educação da Câmara e representantes do Sindicato dos Servidores Rondonópolis e da Associação dos Diretores de Escolas vão se reunir para uma reunião.

Alguns desses diretores disseram que não há funcionários suficientes e nem mesmo merenda para as crianças e que, por isso, as aulas na rede municipal não devem ser retomadas.

O município já tinha firmado um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público Estadual se comprometendo a oferecer condições dignas para que o processo ensino-aprendizagem fosse realizado, no entanto, há cerca de 10 dias, fez o anúncio da volta às aulas presenciais, o que não aconteceu.

Tangará da Serra

Em Tangará da Serra, as aulas foram suspensas nesta quinta-feira (12), na Escola Estadual João Batista.
O prédio vai passar por sanitização depois que sete profissionais de educação e uma estudante testaram positivo para a Covid-19.
De acordo com a assessoria pedagógica do estados, todos já foram afastados e cumprem quarentena.
As aulas no sistema híbrido retornarão na segunda-feira (13) no município.
 
 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://regionalnewsmt.com/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp