18/08/2021 às 08h35min - Atualizada em 18/08/2021 às 08h35min

UFMT deve decidir até outubro qual será o sistema adotado para o início do ano letivo de 2021

Devido à pandemia, as aulas foram suspensas na UFMT em 17 de março de ano passado.

G1 MT
Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) — Foto: Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) deve decidir em outubro se as aulas serão retomadas de modo presencial, híbrido ou remoto. A previsão para o término do segundo semestre letivo de 2020 é em 1º de outubro.

Já o primeiro semestre de 2021 está previsto para começar no dia 25 de outubro. Até lá, os conselhos responsáveis devem se reunir para analisar o cenário diante da pandemia de Covid-19 e decidir de que forma as aulas serão retomadas.
(Errata: O G1 errou ao informar que as aulas presenciais na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) serão retomadas no dia 1º de outubro.)

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) emitiu resolução estabelecendo as datas do calendário letivo em todos os seus Câmpus (Araguaia, Cuiabá, Sinop e Várzea Grande).

O semestre letivo 2020/2, que ainda será realizado de modo flexibilizado, termina em 1º de outubro.

A retomada das aulas presenciais se baseia nas informações de apoio oferecidas pelo Comitê de Prevenção da Covid (CPC) da UFMT, que elaborou as "diretrizes para retomada de atividades na UFMT após suspensão de atividades no contexto da pandemia”, e divulga semanalmente, uma classificação de fases que devem se manter por quatro semanas.
Esse panorama deve respeitar o cenário de cada região onde há um câmpus da UFMT.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://regionalnewsmt.com/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp