19/08/2021 às 08h27min - Atualizada em 19/08/2021 às 08h27min

Pantanal de MT está há mais de 150 dias sem chuvas e queimadas devem se tornar mais frequentes

A situação é mesma em outras regiões do estado e se agrava com a questão das queimadas.

Por Ianara Garcia, TV Centro América
G1 MT
Primeiro incêndio de grande proporção no Pantanal consome vegetação nativa e área de pastagem — Foto: Ipam
O Pantanal mato-grossense está há mais de 150 dias sem chuvas significativas, de pelo menos 10 milímetros em 24 horas, conforme alerta o climatologista Celso Oliveira, do Climatempo.

Segundo ele, as chuvas de verão não foram suficientes para repor a umidade no solo. A situação é mesma em outras regiões do estado e se agrava com a questão das queimadas.

“Estamos com o solo bastante seco, vegetação seca, e registramos nesta semana temperaturas superiores a 40°C. Em Cuiabá, a expectativa é que essas temperaturas acima dos 40°C se tornem ainda mais frequentes, o que aumenta ainda mais esse risco de formação de queimadas”, alerta.

O incêndio teve início em uma propriedade particular, no km 47 da Transpantaneira. Um trator que estava sendo utilizado por um fazendeiro durante a produção de faixas de aceiros no campo pegou fogo e atingiu outras áreas fora da fazenda.
 

Um ano após maior incêndio da história

Em 2020, o Pantanal foi atingido pela maior tragédia de sua história. Incêndios destruíram cerca de 4 milhões de hectares. 26% do bioma - uma área maior que a Bélgica - foi consumida pelo fogo. Cerca de 4,6 bilhões de animais foram afetados e ao menos 10 milhões morreram.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://regionalnewsmt.com/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp