20/08/2021 às 07h58min - Atualizada em 20/08/2021 às 07h58min

MT tem a maior taxa de mortalidade por Covid-19 do país

Entre os dias 1° e 7 de agosto houve aumento de 28% no número de mortes no estado e diminuição de 10% no número de casos do novo coronavírus.

G1 MT
Houve um aumento de 28% no número de mortes por Covid-19 em Mato Grosso na primeira semana de agosto em relação à semana anterior — Foto: SES-MT
Mato Grosso tem a maior taxa de mortalidade pela Covid-19 do país, de acordo com dados do Ministério da Saúde. São 361,4 mortes para cada 100 mil habitantes. O levantamento é referente ao período entre os dias 26 de fevereiro de 2020 e 7 deste mês.

O Ministério da Saúde realiza um levantamento semanal desde o início da pandemia sobre os efeitos do novo coronavírus no país, além de um estudo por regiões e unidades federativas.

Entre os dias 1° e 7 de agosto houve um aumento de 28% no número de mortes em relação à semana anterior. O único estado do Centro-Oeste que teve uma estabilidade nesse índice foi Mato Grosso do Sul, com um aumento de 2%, mas considerado estável.

Mesmo com esse crescimento, Goiás é o estado da região Centro-Oeste com maior crescimento, de 58%, e o município que teve maior número de novos registros de óbitos nesse período foi Goiânia.

Em relação à taxa de incidência no Brasil, na primeira semana de agosto, Mato Grosso teve a segunda maior taxa, com 211,6 casos para cada 100 mil habitantes, seguido do Paraná (192,2 casos/100 mil hab.), Rio de Janeiro (155,9 casos/100 mil hab.) e Tocantins (150,9 casos/100 mil hab.).
Nas unidades federadas da região Centro-Oeste, houve uma estabilidade no número de novos casos da Covid-19, entre 1° e 7 de agosto. A região teve uma média diária de 4.712 novos casos nesse período e 4.904 na última semana de julho.

Houve uma redução de 10% de novos casos em Mato Grosso.

De acordo com o boletim da Secretaria de Saúde (SES-MT) desta quinta-feira (19), já foram registrados 510.165 casos de Covid-19 e 13.271 mortes pelo vírus. Atualmente estão internados 1.206 pacientes em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e enfermarias públicas do estado.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI em Mato Grosso é de 59,45% com 208 leitos disponíveis. Mesmo assim, dois hospitais que atendem pacientes com o novo coronavírus estão com todos os leitos lotados, o Hospital Regional de Cáceres e o Hospital Municipal de Querência.

Já a taxa de ocupação de enfermarias está em 30%, com 589 leitos disponíveis.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://regionalnewsmt.com/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp