O sorrisense Salles Fernandes integrará a equipe como diretor de CUMARU, que traz um segmento com fundo ecológico.

 “Juntar-se às mentes mais criativas do terror do cinema brasileiro é algo que todo realizador do gênero almeja. Quero entregar ao público o lado sombrio da floresta quando ela decide se defender” destaca Fernandes.

A gravação da obra está prevista para começar em julho deste ano.